O poeta

Luiz Bertolani, de 52 anos já foi caminhoneiro e agricultor. Veio para Blumenau (SC) em 1978 e há dois anos trabalha na Lancaster como armazenista. Funcionário do segundo turno do setor de expedição, Luiz pratica a escrita criando poesias.

Quando aprendeu a ler, descobriu que gostava também de escrever. Ele acredita que sua escrita toma as formas do seu humor. Ao ser perguntado da onde vinha sua inspiração, sentimento que ele julga necessário para quem exerce essa atividade, explicou: “Me inspiro quando sinto alguma emoção forte ou diferente”.

Mesmo sem o incentivo dos familiares ele continuou escrevendo. Hoje não poderia publicar nenhum livro, pois não tem o hábito de guardar o que escreve. Mesmo assim, não exclui essa idéia “quem sabe um dia veremos alguma poesia minha publicada”, disse o poeta.

Em verso e prosa, o escritor envergonhado não mostra para ninguém o que produz. Seus momentos de inspiração ficam guardados nos cadernos e a maioria acaba sendo jogado fora depois de algum tempo. Luiz é avô só de meninas e quem sabe no futuro incentive as pequeninas a botar no papel seus pensamentos sobre a vida.

Deixe um comentário

Arquivado em Empresa

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s